Subscribe Now

* You will receive the latest news and updates on your favorite celebrities!

Trending News

Qual a melhor maneira de realizar operações de grandes quantias em bitcoin?
Bitcoin

Qual a melhor maneira de realizar operações de grandes quantias em bitcoin?

O bitcoin é um dos investimentos que oferece alta rentabilidade nos dias de hoje e, por esse motivo, muitos investidores são atraídos por essa moeda digital para ter a oportunidade de aumentar seu patrimônio. No entanto, quando alguém precisa operar grandes quantias, existe um problema: a liquidez do livro de ofertas das corretoras.

Isso porque quando muitos bitcoins são ofertados, o preço diminui. Já quando o investidor pretende comprar muitos, a especulação aumenta e, consequentemente, o preço também. Por isso, é fundamental contar com o auxílio de uma equipe especializada.

Levando isso em consideração, você deve estar pensando: como realizar uma operação de grandes quantias de bitcoins, sem prejudicar a liquidez do book de ofertas de uma corretora? É isso que vamos mostrar neste artigo! Acompanhe a leitura e descubra qual é a melhor maneira de comprar e vender grandes quantias de bitcoins.

Como funciona o OTC (over-the-counter)?

O OTC é uma expressão no mercado financeiro que diz respeito à compra e venda de ativos financeiros (ações, dólar, outros) em balcão, que é quando você negocia diretamente com quem está fazendo a oferta. Em outras palavras, OTC é um método de negociação que não envolve o book de ofertas da corretora. Os participantes negociam diretamente entre si, em geral por telefone ou sistemas de computador. Isso acontece muito em casos de investimento de grandes quantias onde as partes envolvidas não querem que a liquidez adicionada ao book público de ofertas cause um deslocamento de preço do ativo impactando negativamente nos valores negociados entre as partes.

Uma oferta de venda muito grande na Bolsa de Valores, como 1 bilhão de reais em ações da Petrobrás, pode derrubar o preço das ações da empresa porque as pessoas percebem ter alguém querendo vender muitas ações dela, o que gera uma desconfiança no mercado. É nesse momento que começa um movimento maior de vendas das ações da Petrobrás devido essa suspeita.

O book de ofertas de uma corretora é público, então, se você quer vender uma grande quantia sem gerar especulação no mercado, o balcão é uma boa alternativa, pois a negociação é feita direto com o comprador.

Esse é o modelo do OTC, uma venda de balcão para quem quer movimentar grandes volumes de um ativo, seja ele bitcoin ou ações de empresa, por exemplo. Isso acontece de uma maneira mais rápida e direta, com preço fechado. Normalmente, quem faz OTC são grandes investidores de longo prazo, ou que estão interessados em movimentação de dinheiro ou em remessa de recursos internacionais, sem interferir no preço do mercado.

Por que ele é mais interessante para grandes volumes?

O OTC é bom para quem está vendendo, pois o ativo será vendido por um preço médio de mercado. Mas isso não quer dizer que será mais barato, pois a regra do “quanto maior é a quantia, mais barato é o ativo” não se aplica ao bitcoin, muito pelo contrário.

Para quem compra, essa regra também se aplica, já que, ao adquirir um volume grande de um papel ofertado na bolsa, o investidor nunca conseguirá comprar pelo preço que está publicado no mercado, pois à medida que ele for comprando os papéis, a oferta de venda diminuirá devido à liquidez.

Imagine que 10 pessoas estão querendo vender um modelo específico de carro e alguém compra 5 desses modelos. Os 5 que sobraram serão vendidos a um preço maior, pois os vendedores vão perceber que a demanda por esse modelo está alta.

É natural que, conforme a demanda de compra aumente, o preço de venda também suba — é a lei da oferta e da demanda. Quando falamos em book de oferta, sempre temos uma movimentação do preço de mercado de acordo com a lei da oferta e da demanda e isso é ruim tanto para quem está vendendo quanto para quem está comprando. Quanto maior o interesse na compra, maior o preço que você pagará por esse ativo, e quanto maior seu interesse em vender, mais desvalorizado ele ficará, devido à oferta de venda.

Quando há um volume muito grande e há demanda de compra e de venda, as pessoas, geralmente, optam por fazer a negociação no OTC, que se torna vantajoso para os dois lados, já que evita essa variação de preço.

Essa opção pode ser interessante, por exemplo, para remessas de valores internacionais para pagamentos de fornecedores. Diversos comerciantes começaram a adotar o bitcoin, que é um ativo que tem valor internacional para essa função.

Nesse caso, o comerciante adquire o bitcoin no mercado nacional e faz a remessa da moeda digital para outro país a fim de pagar o fornecedor. No país de destino, um agente recebe o bitcoin e vende para algum interessado para convertê-lo em moeda local e, assim, pagar o fornecedor.

Essa remessa internacional em bitcoin pode ser feita para qualquer país. Não só para grandes investidores: os comerciantes ou pessoas que precisam enviar valores para outros locais também podem utilizar essa estratégia. Trata-se de uma maneira de intercambiar valores para qualquer lugar do mundo de forma rápida, prática, segura e com taxas menores que o modelo tradicional.

Qual o papel da Bloco1 como escrow (intermediador)?

Quando você faz uma transação financeira, fica a dúvida sobre quem receberá primeiro: quem está comprando ou quem está vendendo, já que há uma desconfiança entre duas partes que não se conhecem.

Para adicionar segurança nesse processo, existe o modelo de escrow, que significa ter um intermediador, que tenha a confiança das partes para fazer essa operação. Sendo assim, comprador e vendedor enviam o dinheiro e o bitcoin para o intermediador, o qual garantirá que a operação seja feita, repassando os valores para as partes interessadas.

A Bloco1 tem a operação de OTC, com venda a balcão, e também executa isso por meio do modelo escrow em seu sistema. Além disso, ela conta com uma rede de agentes no mundo para fazer operações para a Europa, América e Ásia.


A Bloco1 oferece a segurança necessária para essas transações?

Em relação à segurança, a operação de escrow da Bloco1 usa um aperfeiçoado sistema multiassinatura (P2SH — pay-to-script-hash), na qual existem cinco camadas de criptografia que protegem todo o procedimento com o objetivo de evitar roubo e qualquer tipo de problema. Isso é algo que diferencia a empresa dos concorrentes.

Dessa maneira, a segurança de dados é garantida desde o momento que o investidor baixa o aplicativo para realizar o seu cadastro até o armazenamento dos seus bitcoins. Essas camadas dizem respeito a uma proteção extremamente robusta, a qual tem todo o cuidado para manter seus dados e investimentos a salvo de qualquer pessoa mal-intencionada.

Como você pôde observar, para fazer um investimento de grandes quantias, é preciso ter o auxílio de um intermediador competente. Assim, realiza-se a transação com segurança, e você se sentirá mais confiante e tranquilo na hora de realizar suas aplicações e negociações.

Precisa de um intermediador de confiança, mas ainda tem dúvidas sobre como os ativos digitais podem lhe ajudar?

Entre em contato com a Bloco1 e agende uma consultoria gratuita agora mesmo!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *