A não ser que você esteve preso em um abrigo nuclear, é meio impossível que não tenha ouvido falar sobre as criptomoedas e toda a repercussão que a recente valorização do Bitcoin teve.

Pois é, graças a isso, abriu-se um novo capítulo quando o assunto é dinheiro digital e, hoje em dia, já há todo um mercado voltado para esse tipo de moeda, inclusive, com opções até para investir em Bitcoin.

Como sabemos que as criptomoedas, especialmente o Bitcoin, representam o futuro quando falamos de dinheiro, neste texto, vamos mostrar quais são as vantagens desse investimento. Confira!

Como o Bitcoin funciona?

O Bitcoin não é um bicho de sete cabeças, acredite! Em uma descrição geral, ele é uma moeda virtual que pode ser utilizada para realizar operações comerciais. Criada por Satoshi Nakamoto em 2009, ele é uma espécie de código. Sua principal característica está no fato de que não existe fisicamente — apenas no meio digital — e utiliza a criptografia, tanto para ser minerado quanto para validar as suas transações.

O Bitcoin funciona em uma rede aberta chamada Blockchain, uma espécie de livro razão no qual tudo o que acontece com a moeda é registrado e pode ser acessado por qualquer usuário, porém, não modificado.

Como é produzido?

O Bitcoin é produzido através do processo de mineração. Para ser mais específico, para que as operações sejam validadas de forma segura é preciso que alguém supervisione todo o processo. Essa pessoa é o que chamamos de minerador.

Ele é um usuário comum que vai acompanhar a transação para saber se tudo está ocorrendo bem. Essa pessoa não faz esse serviço de graça, ela recebe em troca Bitcoins os quais, assim que a operação é confirmada, são transferidos para a conta dela.

É importante deixar claro que hoje em dia para processar as transações é preciso cada vez mais poder computacional. Esse trabalho já não é feito por pessoas com computadores comuns. Para essa tarefa, é necessário um equipamento superpotente, muitas vezes, para minerar um Bitcoin só, tamanha a complexidade.

Agora que você entendeu como a moeda funciona e como pode ser minerada, vamos descobrir quais são os seus benefícios. Entenda!

Quais os benefícios de se investir em Bitcoin?

1. A valorização do Bitcoin

É inegável que, nos últimos anos, as criptomoedas tiveram um grande aumento no seu valor, especialmente o Bitcoin, que em 2017 conseguiu uma valorização de quase 1000%, chegando a passar de US$ 8.000. Esse é um resultado muito impressionante e que demonstra como trata-se de um mercado que veio para ficar e que ainda tem muito o que mostrar.

Mesmo assim, é importante dizer que uma das características dessa moeda é sua volatilidade. Hoje em dia, por exemplo, a moeda já perdeu um pouco seu valor e a tendência é que ela se estabilize.

2. A redução de custos

Uma das grandes vantagens é que as operações com esse tipo de moeda tendem a ser bem mais baratas do que com qualquer outro tipo de dinheiro. Isso se deve pelo fato de que elas não necessitam das instituições financeiras convencionais, como bancos ou operadoras de cartão.

Dessa forma, para quem precisa mandar Bitcoins para um amigo de outro país, por exemplo, o máximo que vai gastar é com uma tarifa para os mineradores da rede. Dependendo do local, o gasto chega a 1% do valor da transferência.

3. A facilidade das transações

Com as criptomoedas, as transações podem ser feitas em qualquer dia e horário. Isso quer dizer que toda aquela burocracia de dias úteis, tão conhecida nas operações tradicionais, não existe. Sendo assim, se você precisar realizar uma transferência em um feriado como o réveillon, você pode fazer sem problemas, contanto, é claro, que você e a outra pessoa tenham acesso à internet.

4. A segurança

Pode até parecer um pouco estranho, afinal, o Bitcoin é uma moeda que não tem uma administração central ou um órgão que controla e registra suas operações. Tudo é feito pelos próprios usuários por meio da Blockchain e da criptografia.

Isso soa meio inseguro mas, acredite, não é. É justamente por esse sistema de rede aberta, em que todos têm acesso e podem ver as transações comerciais, que o Bitcoin consegue garantir a sua segurança e evitar que o sistema seja hackeado.

5. A privacidade

Além da segurança garantida nas operações com o Bitcoin, a privacidade é outra das vantagens que esse tipo de moeda oferece. É justamente por causa da utilização do Blockchain que é permitido que o registro das operações seja feita por chaves privadas.

Dessa forma, as duas partes da transferência ficam protegidas, já que são as únicas que têm a chave.

6. A proteção em relação à inflação

De um modo geral, a produção de moedas é decidida por uma série de questões — muitas vezes, tem a ver com o mercado, outras, com a situação política. Com isso, os resultados podem ser bastante desastrosos para as pessoas. Por exemplo, aumentar a produção de dinheiro pode causar a perda de poder de compra, o que aumenta a inflação.

Ao contrário do dinheiro tradicional, é muito improvável uma situação dessas acontecer com o Bitcoin. Principalmente porque a moeda tem um limite de produção já estipulado pelo seu criador.

Até 2140 só poderão estar em circulação no máximo 21 milhões de unidades. Dessa forma, além de evitar a inflação, o Bitcoin pode até aumentar a sua valorização com o tempo, já que a sua produção tende a se tornar limitada conforme os anos.

7. O alcance mundial

O Bitcoin não pertence a nenhum país. Ele está na rede e pode ser utilizado em qualquer lugar, sem mudanças cambiais e sem necessidade de conversão. Tanto transferências como compras podem ser feitas de qualquer lugar por meio da internet. O melhor é que não há perda de IOF ou taxas bancárias, mostrando que é uma possibilidade de pagamento bastante abrangente para o usuário.

O Bitcoin é uma das mais famosas moedas digitais e, como podemos ver ao longo do texto, ele tem vantagens bastante interessantes, como operações rápidas, privacidade para os usuários e até imunidade perante a inflação. Ainda não podemos afirmar que todas as suas características serão utilizadas no futuro, porém, sabemos que elas são uma introdução de que é possível sim mudar a maneira como lidamos com o nosso dinheiro.

Temos certeza de que, com todas as vantagens que selecionamos aqui, deu para perceber o quanto investir em Bitcoin é uma boa ideia. Ficou interessado nesse tipo de modalidade de investimento e quer começar a aplicar em criptomoedas? Então, fale agora com um dos nossos especialistas e comece já a investir!